21 de outubro | Conferência: Licores de Portugal

  • 201709291917x8DAF.jpg
  • Ana Marques Pereira

    Foi na Serra do Caldeirão que os árabes implantaram as primeiras destilarias no séc. X, na região que posteriormente viria a ser o reino de Portugal e dos Algarves. Feitos inicialmente com fins medicinais entraram em moda no século XVIII. Em 1906 surgiu a primeira marca registada do “Licor de Hortelã Pimenta Superior” requerida por Francisco Espiñeira Cousiño, que herdou a pequena loja do pai, ainda hoje existente em Lisboa. De aí em diante, muitas outras marcas foram registadas por novas empresas, que rivalizavam na originalidade das garrafas e dos rótulos para atrair a atenção dos compradores.

    Falar de licores, garrafas e licoreiros vai ser o tema da conferência promovida por Ana Marques Pereira, que incluirá a apresentação do livro Licores de Portugal (1880-1980) e Prova do célebre licor “Eduardinho” da Sem Rival.

    Informações:
    Inscrições: palestrasetal@gmail.com ou 919 558 455
    Donativo: 5,00 EUR